Zotti Representações

 

NOTICIAS


Onde estará o tempo que perdemos?

Data: Segunda-feira, 16 de Abril de 2012 por:

Não conheço uma pessoa sequer que não reclame de falta de tempo. Todos nós temos mais coisas a fazer do que tempo para fazê-las. Muitas vezes nos sentimos como num Tsunami cujas ondas nos cobrem e nos levam de roldão. Perdemos o controle das nossas tarefas. Com esse sentimento não conseguimos nos concentrar, ter foco. Perdemos a noção do que é essencial, importante e acidental e nos vemos afogados em meio a dezenas de e-mails, reuniões, relatórios e atrasos mil. Onde estará o tempo que perdemos? Como reencontrá-lo?

 

Os estudos atuais têm demonstrado que perdemos muito do nosso tempo em coisas acidentais. Segundo uma pesquisa, o norte-americano médio passa de cinco a sete horas por dia assistindo televisão. Outra pesquisa feita pela The American Management Association afirma que os americanos usam uma média de 107 minutos por dia abrindo, lendo e respondendo e-mails. Um grupo de pessoas me confidenciou que passa horas no computador lendo notícias, assistindo filmes no Youtube, entrando em sites interessantes para o seu trabalho mas totalmente fora do foco das tarefas que efetivamente deve fazer. Daí o dia de trabalho de oito horas passa para dez, doze ou até mais.

 

Outro estudo mostra que um funcionário é interrompido a cada 11 minutos por uma série de fatores - telefonemas, pessoas, mensagens automáticas em seu computador, etc. Com essas interrupções ele perde a concentração no que estava fazendo e levará outros 11 minutos para se concentrar novamente. Exatamente o mesmo tempo para ser novamente interrompido!

 

Como educar a nossa vontade para que percamos menos tempo com coisas acidentais e nos concentremos mais no essencial?

 

Uma das formas é tornar difícil aquilo que nos rouba tempo e nos desvia a atenção. Exemplo: desligue o seu programa de e-mails enquanto estiver fazendo outra coisa. Desligue a sua conexão com a internet enquanto estiver concentrado em uma tarefa. Para voltar a ligá-los você terá que fazer um esforço extra, esperar carregar os programas e acabará por só fazê-lo se for realmente necessário. Enfim, torne difícil aquilo que facilmente desvia a sua atenção do essencial. Se você é “viciado” em televisão, esconda as pilhas do seu controle remoto...

 

Pense nisso. Sucesso!

“Luiz Marins”



Mais Notícias



Telefone: (65) 3686-3457 | Celular: (65) 8401-2185

Rua Gov Pedro Pedrossian , n.78, Centro - CEP 78.110-354 | Varzea Grande MT
zotti@zottirepresentacoes.com.br

Copyright © 2009-2020 Zotti Representações - Todos os direitos reservados